Disputa de Búfalos

bufalosDisputa de Búfalos

Búfalos são uns animais que me despertam muito admiração pelo fato de serem robustecidos, de pernas fortes, com grandes patas. Tem até – pasmem – chifres possantes, fortes que nem uma barra de aço. Quanta protuberância eles têm!

Depois de ser surpreendido nesta quarta-feira, dia 22 de abril, pelo arsenal bélico das palavras proferidas pelos ministros do STF, Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa, me veio à mente do quão semelhantes são às ilustres excelências com os búfalos.

Foi inevitável não aproximar o comportamento desse tipo de espécie quando somos obrigados a nos deparamos com tantas semelhanças. Vejamos algumas:

1º – O búfalo é um animal que vive em grupo, podendo ocorrer varias manadas isoladas com milhares deles – Os ministros vivem em grupos colegiados, e podem ter opiniões dissonantes dos demais (?).

2º – Pequenos grupos podem escapar de um grupo principal porém reunindo-se a eles mais tarde – Os mesmo ocorre na Corte Suprema quando há entendimento divergente, mas isso não os impedem de manter a unidade entre eles (?).

3º – Grupos de búfalos solteiros podem se afastar da manada principal e búfalos solitários são comumente encontrados – Alguns ministros por vezes podem se sentirem isolados por não ter a sua tese acolhida pelos seus pares, mas isso não quer dizer que ficará solitário por “adi eternum” (?).

4º – Búfalos adultos dentro de uma manada mista preservam a hierarquia de dominância, a complexidade da qual é influenciada pelo tamanho da manada – No STF não é diferente, porquanto há regimentos internos que ditam as regras a ser observadas, como o respeito ao presidente da turma, entre outras regras. Muito parecido, não (?).

5º – As búfalas também estabelecem uma “ordem de importância” entre elas mesmas – Como sabemos existe uma ordem de decoro, desde os horários das audiências até as palavras usadas na sessão (?).

Destarte, poderia ficar comparando as parecenças por várias “folhas”, mas acho que já deu para perceber que há muitas coincidências entre as duas espécies de animais.

Depois de ter “pesquisado” sobre o comportamento dos búfalos me deparei-me com outra indagação: Por que os búfalos brigam? Será que eles são por natureza, agressivos?

Tentando buscar uma resposta para minha inquietação, me informei que no Vietnã a briga de búfalos é algo muito lucrativo e que atrai milhares de pessoas para os estádios. Também fiquei sabendo que eles (búfalos) são por natureza calmos, mas quando são “treinados” por vários anos, firam umas feras. O macho excepcionalmente, quando no seu hábitat natural, briga por um único motivo, quão seja, pela conquista de território e para conquistar os olhares das fêmeas.

Algumas acusações trocadas entre os ministros sugerem esse estado de natureza selvagem, só que, por óbvio, com contornos diferentes. Ouvi e vi que um deles pretende chamar os holofotes da mídia pra si; doutra parte, o que se alega é que se sente ameaçado e que por isso tenta se defender. Justificativas pessoais não faltam, assim como não faltam para os búfalos quando visto do ponto de vista comportamental. A questão que se coloca é a de que: para os búfalos, as ações são motivadas pelos instintos, enquanto que para os ministros, presume-se serem eles dotados de razão e liberdade de comportamento – na acepção mais kantiana da palavra.

Mas olhando bem de perto, parece que a evolução das espécies – já que estamos comovidos com os 200 anos da obra de Charles Darwin – não chegou ainda para alguns. Tudo bem, isso não importa muito. Se os búfalos podem parecer com gados, os nossos ministros podem parecer com búfalos.

Anúncios

~ por Giordano Pablo Dantas em maio 15, 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: